Primeira Página Jornal Economia e Negócios Lagar de Vila de Rei: Município adquire azeite aos produtores locais para criação de marca própria
 

Qui

09

Nov

Lagar de Vila de Rei: Município adquire azeite aos produtores locais para criação de marca própria
Economia e Negócios
Escrito por Paulo Jorge F. Marques   
Lagar de Vila de Rei: Município adquire azeite aos produtores locais para criação de marca própria

O Município de Vila de Rei vai avançar com uma campanha de compra de azeite aos produtores que utilizam o Lagar Municipal de Vila de Rei para transformar este seu produto. Esta é uma medida inicial que prevê, a curto prazo, a criação de uma marca de azeite criada e produzida no Concelho.

A compra do azeite será efetuada pelo valor de 4,60€, após análise efetuada pelos técnicos do lagar.

Esta medida do Município de Vila de Rei vem permitir que os produtores do Concelho possam comercializar os seus excedentes diretamente com a Autarquia, servindo igualmente de incentivo para que possam aumentar as suas plantações e, consequentemente, a sua produção e os seus lucros.

Ricardo Aires, Presidente do Município de Vila de Rei, adianta que "esta medida surge no seguimento da aposta que a Autarquia tem vindo a realizar na área da Agricultura, encarando-a como uma importante forma de dinamizar a economia local e gerar riqueza no nosso território. O Concelho Vilarregense possui características ideais para a produção da oliveira sendo que esta medida, ao proporcionar que os nossos agricultores possam facilmente escoar a sua produção, pode servir de incentivo para que estes possam aumentar o número de oliveiras e a produção de azeite. A exploração dos terrenos agrícolas terá ainda uma elevada importância a nível de limpeza de terrenos e à consequente mais-valia de prevenção de fogos florestais.

Todos os interessados poderão obter informações adicionais no Lagar Municipal de Vila de Rei, através do endereço de correio eletrónico Este endereço de e-mail está protegido de spam bots, pelo que necessita do Javascript activado para o visualizar ou do número 931 712 780.

 
Tem de se autenticar (ou registar-se, se ainda não possui uma conta) para poder adicionar comentários a este artigo.

| Mais