Primeira Página Jornal Política Proença-a-Nova: João Lobo apresenta programa a implementar nos próximos quatro anos
 

Ter

16

Mai

Proença-a-Nova: João Lobo apresenta programa a implementar nos próximos quatro anos
Escrito por Paulo Jorge F. Marques   
Proença-a-Nova: João Lobo apresenta programa a implementar nos próximos quatro anos
Perante cerca de mil apoiantes, o candidato João Lobo apresentou oficialmente este domingo, 14 de maio, a candidatura a presidente da Câmara Municipal de Proença-a-Nova para 2017-2021. "É por assumir desafios, e na procura incessante de realizar mais como ser inconformado que sou, que entendo reunir hoje as competências para, em conjunto com a minha equipa, edificar um projeto de futuro assente num programa que define a estratégia de desenvolvimento para o concelho de Proença-a-Nova para os próximos quatro anos", referiu no seu discurso.
Empregabilidade e Inovação; Educação e Formação; Ação Social e Saúde; Cultura, Património, História e Arte; Cooperação, Diáspora, Associativismo, Juventude e Desporto; Turismo; Ambiente e Ordenamento Territorial e Florestal e Infraestruturas e Potencial Energético: estes são os oito pilares definidos pelo candidato João Lobo para dar continuidade ao trabalho iniciado em 2005 por João Paulo Catarino que saiu em 2016 para integrar a Unidade de Missão para a Valorização do Interior. "O nosso programa está assente no trabalho realizado em prol da nossa comunidade nos últimos 12 anos, que se mostrou assertivo e com resultados por todos conhecidos", referiu João Lobo que terá João Paulo Catarino como candidato a presidente da Assembleia Municipal de Proença-a-Nova.
Entre as principais medidas elencadas, encontra-se a implementação de um programa de combate ao insucesso escolar, a ampliação dos serviços disponibilizados pela Unidade Móvel de Saúde, a ampliação da Galeria Municipal, a criação de pontos de promoção turística do concelho em cidades como Lisboa e Porto, a realização do cadastro florestal, promoção para a construção de mini-hídrica, o plano de mobilidade do concelho, a requalificação do antigo quartel da GNR em Casa da Cultura e da Memória com escola-oficina para valorização de património e será fomentada, em parceria, Unidade Residencial de Idosos com valência de Cuidados de saúde, entre muitas outras.
"Estou certo que para ter sucesso, qualquer um se deve rodear de equipas que sejam leais, próximas, integradoras de conhecimento e que estejam tão empenhadas neste compromisso quanto eu estou. É desta forma que para mim faz sentido liderar. Quem me conhece sabe que não sou capaz de o fazer de outra maneira. É sempre com as pessoas que se constroem caminhos de desenvolvimento que se querem sustentáveis, que mantenham a nossa identidade e que sejam assentes na verdadeira democracia de proximidade. São sempre as pessoas que contam e é por isso que unidos construímos o futuro do nosso concelho!", concluiu João Lobo, recebendo sentidos aplausos de apoio.
Quanto às restantes intervenções, António Vitorino, figura de proa do Partido Socialista, recordou as duas anteriores vezes em que esteve em Proença-a-Nova para apoiar o então candidato João Paulo Catarino em eleições que tiveram, nas urnas, expressão significativa. "Não há duas sem três", referiu, mostrando-se convicto de que João Lobo tem as qualidades "humanas - acima de tudo as humanas -, técnicas e profissionais" para liderar os destinos do concelho de Proença-a-Nova para os próximos quatro anos.
Amândio Torres, atual secretário de Estado das Florestas e Desenvolvimento Rural, apresentou algum do trabalho que está a ser desenvolvido a nível governamental nesta área, mostrando-se convicto de que, em conjunto com João Lobo, irá implementar algumas dessas medidas em Proença-a-Nova nos próximos anos, até pelas características florestais deste território.
João Paulo Catarino, coordenador-adjunto da Unidade de Missão para a Valorização do Interior e candidato a presidente da Assembleia Municipal, afirmou que mesmo que não tivesse saído para integrar o Governo, estaria na mesma a apelar ao voto em João Lobo por ser o candidato que Proença-a-Nova precisa para continuar a trilhar um caminho de sustentabilidade. Na sua perspetiva, o facto de ter saído para integrar a Unidade de Missão apenas serviu para mostrar que João Lobo tem todas as capacidades e competências para liderar, como se tem visto desde março de 2016.
Hortense Martins, deputada do PS na Assembleia da República e presidente da Federação do PS em Castelo Branco, recordou que atualmente sete em onze autarquias do distrito são lideradas pelo Partido Socialista pois os eleitores têm sabido reconhecer o papel dos presidentes de câmara do PS no desenvolvimento deste território.
João Gabriel, da Juventude Socialista, António Gil Dias, mandatário da candidatura e Arnaldo Cruz, atual presidente da Assembleia Municipal foram os restantes intervenientes na apresentação, destacando motivos para apoiar a presente candidatura, entre os quais o profundo conhecimento da região, o apoio demonstrado à fixação de jovens ou a sua experiência profissional.
João Lobo irá divulgar em breve a restante equipa que o acompanha em todos os órgãos, Assembleia Municipal, Câmara Municipal e Assembleias de Freguesia, bem como o programa eleitoral de que apresentou as principais medidas.
 
Tem de se autenticar (ou registar-se, se ainda não possui uma conta) para poder adicionar comentários a este artigo.

| Mais
Faixa publicitária