Primeira Página Jornal Obras e Projectos Largo da Devesa já entrou em obras de requalificação
 

13

Mai

Largo da Devesa já entrou em obras de requalificação
Obras e Projectos
Escrito por Paulo Jorge F. Marques   
Largo da Devesa já entrou em obras de requalificação
As obras de requalificação do Largo da Devesa, uma das antigas centralidades de Proença-a-Nova, iniciaram-se esta quarta-feira, 3 de maio. Localizado no núcleo mais antigo da vila, com uma área de cerca de 4.250 m2, os trabalhos a realizar vão reformular o espaço público existente com o objetivo de dotar esta zona de renovados pontos de interesse. "Estando o Largo da Devesa e sua envolvente com níveis de degradação que não fomentam a atratividade e, por isso, afastam as pessoas da sua vivência, esta é uma intervenção que caracterizamos como prioritária e oportuna, tanto mais que promove a ligação à estratégia de renovação urbana que também motiva os particulares a conservar e a requalificar os seus imóveis, potenciando o mercado de arrendamento com possibilidade de recorrerem aos incentivos que estão preparados para a ação de regeneração urbana", refere João Lobo, presidente da Câmara Municipal de Proença-a-Nova.
A intervenção proposta amplia ligeiramente a área existente e reformula o espaço de forma a conferir-lhe um carácter atualizado, melhorando as condições de salubridade e promovendo as acessibilidades e a mobilidade. Na prática, o espaço geral será organizado por patamares, com seis plataformas interligadas entre si, que funcionam simultaneamente como espaços de estadia e de circulação. O topo do Largo da Devesa, junto à capela do Espírito Santo, irá receber um espelho de água e, para além das árvores existentes, serão plantadas mais espécies. As atuais instalações sanitárias serão objeto de requalificação profunda. Os trabalhos a realizar, orçados em 313.190,08 € com cofinanciamento através do Quadro Comunitário de Apoio Portugal - Centro 2020 e com prazo de execução de 150 dias, vão incluir a renovação das instalações elétricas e das redes de água e saneamento.
Depois de terminadas as obras, é objetivo do Município dotar este espaço de elementos escultóricos da autoria de Carlos Farinha, artista com origens no concelho. "Este renovado espaço interage ainda com aquela que vai ser a Casa da Cultura e da Memória, projeto que se encontra em fase de execução para o antigo espaço do Quartel da GNR e logradouro contíguo", adianta João Lobo.
Não se preveem interrupções de trânsito, mas apenas pontuais condicionamentos à circulação automóvel.

 

 
Tem de se autenticar (ou registar-se, se ainda não possui uma conta) para poder adicionar comentários a este artigo.

| Mais