Primeira Página
 

Ter

31

Mai

65º Aniversário da Casa da Comarca da Sertã
Sociedade
Escrito por Pedro Amaro-CCS   
A Casa da Comarca da Sertã (CCS) celebrou o 65º aniversário da sua fundação com um passeio ao Município de Proença-a-Nova, no dia 28 de Maio.

O programa deste aniversário teve início com uma recepção oficial pelo Presidente da Câmara Municipal de Proença-a-Nova, Eng. João Paulo Catarino, no novo edifício dos Paços do Concelho, local onde foram entregues lembranças aos participantes e onde o Presidente do Município de Sertã dirigiu também umas palavras á comitiva. A referida recepção teve lugar na Sala das Sessões, após breve visita ao edifício e que permitiu aos participantes ficar a conhecer alguns pormenores da exemplar requalificação de que o antigo edifício liceal foi alvo, após ter sido adquirido pela Autarquia.

Localizado na zona industrial de Proença-a-Nova, o Restaurante Milita recebeu os cerca de uma centena de participantes na celebração, a qual contou com a presença de José Nunes Farinha, Presidente da Câmara Municipal de Sertã, e de Vítor Antunes, Vereador da Câmara Municipal de Oleiros.

Na sua intervenção, o Presidente da Direcção da CCS, saudou os representantes das Autarquias e das entidades que se fizeram representar, bem como os antigos e actuais dirigentes da CCS, demais sócios presentes e restantes convidados, destacando a presença especial do sócio-fundador Francisco Amílcar de Oliveira.

Homenageando os sócios que no presente ano completaram 50 anos de associado, o Presidente da Direcção da CCS entregou pessoalmente os emblemas de ouro a Abílio Gomes Martins (sócio 1152), António Barata (sócio 1163), e Raul Inácio Gil (sócio 1183).

Após as intervenções da Vereadora Helena Mendonça, que representou o Presidente do Município de Proença-a-Nova no almoço, bem como do Vereador Vítor Antunes do Município de Oleiros, coube ao Presidente da Assembleia-Geral da CCS, Dr. Manuel Luís Farinha, encerrar as intervenções, agradecendo às Autarquias e aos sócios da Casa presentes, em seu nome pessoal e em nome da Casa.

Marcaram presença os Conselheiros Regionais da CCS por Proença-a-Nova, Oleiros e Vila de Rei, os antigos Presidentes da Direcção da CCS, Maria Adelaide Canas, Martinho Mendes de Oliveira e José Pereira Bairrada, actual Provedor da Santa Casa da Misericórdia de Proença-a-Nova, o Presidente da Assembleia-Geral da Liga "Os Unidos da Freguesia de Álvaro" e o Presidente da Liga dos Amigos da Freguesia da Amieira.

Antes de sair para visitar algumas infra-estruturas do Município de Proença-a-Nova, ainda tivemos tempo para duas breves músicas tocadas pelo acordeonista Carlos Barateiro, uma surpresa preparada juntamente com a Autarquia para este aniversário.

O Centro Ciência Viva da Floresta era o primeiro destino agendado. Inaugurado em 2007, é uma referência não só para o município mas para toda a região, pelo que surpreendeu pela positiva aqueles que ainda não tinha tido oportunidade de o visitar. Depois da visita, o grupo teve ainda a oportunidade de ouvir o sócio Vitor Cardoso a declamar alguns poemas de sua autoria sob o pseudónimo de Hélio Proença, dedicados a Proença-a-Nova, concelho onde nasceu.

De acordo com o previsto, seguiu-se uma visita á Santa Casa da Misericórdia de Proença-a-Nova, onde se constatou o importante trabalho desenvolvido pelo actual Provedor, José Pereira Bairrada, antigo Presidente da Direcção da CCS. Para esta visita, a CCS preparou uma actuação musical surpresa, tendo para o efeito convidado a Associação para o Estudo e Promoção da Gaita-de-Foles, possibilitando, assim, que alguns idosos tomassem contacto com uma sonoridade musical distinta da que predomina na nossa região.

O grupo foi ainda ao Parque Urbano Comendador João Martins, onde os participantes puderam ver, na Galeria Municipal aí existente, uma exposição colectiva de artes plásticas, na qual estavam incluídas duas telas de José Ribeiro Farinha, sócio da CCS e antigo Conselheiro Regional da CCS por Proença-a-Nova, que teve a amabilidade de contextualizar a sua participação.

Terminadas as visitas, o grupo de convivas regressou ao Restaurante Milita para um lanche tardio de despedida proporcionado pela CCS, antecedendo o regresso a Lisboa."
 
Tem de se autenticar (ou registar-se, se ainda não possui uma conta) para poder adicionar comentários a este artigo.

Faixa publicitária